Please use this identifier to cite or link to this item: http://srv-bdtd:8080/handle/tede/249
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: O nome do pai: implicações acerca do atendimento psicossocial no reconhecimento da paternidade
metadata.dc.creator: Silva, Thayane Maria da
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Rosiete Pereira da
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho trata-se de uma narrativa de experiências que foi produzida a partir da vivência do Estágio Supervisionado Obrigatório na ênfase em Processos Clínicos-Jurídicos. O campo onde fora desenvolvida a prática da disciplina, trata-se de um órgão de caráter extrajudicial que atua como centralizador das averiguações de paternidade da cidade de Maceió – AL, e busca garantir os direitos decorrentes da filiação e promover a paternidade responsável. Este estudo se propôs a conhecer a atuação e contribuição do psicólogo no âmbito jurídico, mais especificamente nas Varas de Família. Dentre os casos acompanhados, estão os de reconhecimento da paternidade, que atualmente reconhece a relação do afeto e propõe meios de inseri-lo nas práticas jurídicas. Durante a vivência surgiram implicações acerca da atuação do psicólogo neste campo, que será exposta e problematizada. Buscou-se fundamentos na perspectiva da Política de Humanização em Saúde e protagonismo do sujeito, propor mudanças no modelo de atendimento realizado no cotidiano da Instituição.
Abstract: The present work is a narrative of experiences that was produced from the experience of the Mandatory Supervised Internship I in the emphasis on Clinical-Legal Processes. The field where the discipline was developed is an extra-judicial body that acts as a paternity checkpoint in the city of Maceió, and seeks to guarantee the rights derived from membership and promote responsible parenthood. This study intends to know the performance and contribution of the psychologist in the juridical scope, more specifically in the family Varas. Among the cases followed in the families of families are those of recognition of paternity, which currently recognizes the relation of affection and proposes means of inserting it in legal practices. During the experience there were worries about the psychologist's performance in this field, which will be exposed and problematized. Fundamentals were sought from the perspective of the Health Humanization Policy and the protagonism of the subject, propose changes in the care model carried out in the daily life of the Institution.
Keywords: Psicologia jurídica
Afetos
Reconhecimento da paternidade
Humanização
Juridical psychology
Recognition of paternity
Affections
Humanization
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Centro Universitário CESMAC
metadata.dc.publisher.initials: CESMAC
metadata.dc.publisher.department: Departamento 1
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://srv-bdtd:8080/handle/tede/249
Issue Date: 7-Nov-2018
Appears in Collections:Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) - Graduação



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.